As vezes você se faz essa pergunta. Para não ser pego de surpresa, veja o que esperar do lugar para onde você está indo.

Conhecendo Buenos Aires em 1 dia

Buenos Aires. Uma bela cidade, destino certo de quem adora viajar. Uma cidade que encanta pela beleza, pelo patriotismo de seu povo, pela elegância do tango, e o sabor dos vinhos…

Ficamos na cidade apenas 2 dias. Pouco tempo para aproveitar tudo, então a solução foi um city tour. O que se revelou uma ótima ideia, já que passamos pelos pontos mais importantes da cidade, e não conseguiríamos fazer isso a pé. A vantagem de um city tour é que se tem um guia, que conta um pouco da história de cada lugar, além de falar em português – já que os hermanos falam muito rápido, e quem não fala castelhano acaba não entendendo tudo – nada.

O city tour durou cerca de 4h. Não para em todos os lugares, mas é possível tirar fotos de dentro do ônibus mesmo, e nos pontos principais tínhamos um tempo, 30 min em média, para descer e fotografar.

Percurso:

Bairro Recoleta

  • A “Floralis Generica”, uma flor feita toda em alumínio
Floralis Genérica

Floralis Genérica

  • Monumento em homenagem à Eva Perón
Monumento à Eva Perón

Monumento à Eva Perón

  • Plaza Intendente Alvear
  • Basílica Nossa Senhora do Pilar
  • Cemitério da Recoleta
  • Embaixada do Brasil
  • Centro Cultural Recoleta

Centro

  • Teatro Colón
  • O Obelisco, situado na Avenida 9 de Julio, uma das principais da cidade
  • Catedral Metropolitana
  • Plaza de Mayo, com o Monumento ao General San Martin
  • Casa do Governo, a famosa Casa Rosada

Bairro San Telmo

Bairro La Boca

  • “La Bombonera” o estádio do Boca Juniors
  • O  Museo da La Pasion Boquense
  • El Caminito

Puerto Madero

Terminamos o city tour no Puerto Madero, um dos lugares que mais queríamos conhecer, e passamos o resto do dia por lá. É um dos pontos mais visitados da cidade, e possui muitas opções de comida, de todos os tipos. O ideal é procurar bem, tem restaurantes que aceitam tanto dólar quanto euro e real, além do peso, e que cobram valores fechados pela comida, o que ajuda a não ter nenhuma surpresa na hora de pedir a conta.

Ainda queríamos fazer compras, então fomos para a estação de metrô – o Subte – mais próxima, que era a Estação Retiro. Íamos para o bairro Abasto, onde ficam as outlets. Muito fácil andar de metrô, principalmente com o mapa que ganhamos no hotel, que indicava todos os trajetos e paradas de cada linha.

Depois das compras, não podíamos deixar de conhecer a tão famosa Calle Florida, a principal rua de comércio para turistas, que, no nosso caso, ficava próxima ao nosso hotel, o Loi Suites Esmeralda. Vimos alguns casais dançando tango, muitos artistas e até um Capitão Jack Sparrow. Vendedores ambulantes expõem seus produtos no chão, no centro da rua.

Também na Florida, esquina com a Córdoba, fica a Galerías Pacifíco, um shopping de 3 andares, que chama atenção por fora e por dentro. Lá encontramos lojas conhecidas, como Sony e Timberland. E o que estávamos procurando, Havanna e Freddo. Últimas compras do dia, alfajor e sorvete de doce de leite.

Foi corrido, mas conseguimos conhecer tudo isso. Agora, se você for com mais tempo, aproveite para jantar no Puerto Madero, tomar um belo vinho e assistir a uma apresentação de tango.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *